Dia Mundial do Sexo

Boa tarde amigos,

estamos em setembro, e aos mais ocupados de entre vós deve ter passado despercebida a esta importante celebração a que se dedica o dia de hoje: o Dia Mundial do Sexo.

Mas nós, na Dose de Pimba, estamos sempre atentos ao bem-estar físico e espiritual dos nossos seguidores e aproveitamos este importante meio de comunicação para lembrar que, segundo a Organização Mundial da Saúde a saúde sexual é “um estado de completo bem-estar físico, mental e social em relação à sexualidade… e para isso ela exige uma abordagem positiva e respeitosa da sexualidade e das relações sexuais, bem como ter a possibilidade de experiências sexuais prazerosas, livres de coerção, discriminação e violência”.

Para este fim, recomendamos que sigam a recomendação da grande artista Micaela, que nos diz:

“Amor amor
desliga a televisao
ai liga me antes a mim amor
basta carregares no botao
meu bem, meu bem,desliga o televisor
e vamos mas é fazer os dois
o nosso filme de amor”

Micaela, na sua sabedoria poética, obviamente não queria apenas restringir o seu conselho ao aparelho televisivo. E neste século XXI, certamente recomendaria também que desliguem os tablets, os smartphones, os facebooks e os instagrams. Na opinião deste vosso amigo, podem deixar ligado o Spotify, e deixem que Marco Paulo, Micaela ou o grande Toni Carreira inspirem uma vossa boa noite de sexo, amor e saúde.

Anúncios

Toy – Coração não tem idade (vou beijar)

Com Setembro a trazer consigo alguma nostalgia e aqueles amores fugazes de verão que se esvanecem, Toy traz-nos um tema alegre capaz de nos fazer esquecer estas sensações menos positivas e, ainda, nos lembra que o amor não tem, nem escolhe idade (desde que seja a partir os 17 e consensual…). De realçar as entoações quase onomatopeicas “Ohohoh” e o não subtil  “hum hum” que, propositadamente, nos deixa a letra subjectiva a cada um de nós. Por isso cantem, os ohohohs e os hums hums para esquecer a nostalgia e o final das férias que para muitos já aconteceu.

 

 

 

Toy – Coração não tem idade (vou beijar)

Solta-te, liberta-Te

Abre as asas do sonho

Tens todo o futuro

Para saborear

Solta- te, liberta- te

Não há nada melhor

Depois de um pesadelo poder acordar

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Vou beijar, vou cantar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Quando te perguntam

Se estás cansada

Se ainda te sentes apaixonada

Toda a gente sabe

É uma verdade

Coração que ama não tem idade

Por isso vem, sabe bem

Formigueiro que a gente tem

A fluir faz sentir um calor no corpo a subir

E esta noiteeee

Vou beijar, vou cantar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Ouh uouh

Não tenhas vergonha

E saí sozinha

Esta noite tu vais ser a Rainha

Põe um salto alto e um sorriso

É desse teu jeito que eu preciso

Por isso vem, sabe bem

Formigueiro que a gente tem

A fluir faz sentir um calor no corpo a subir

E esta noiteeee

Vou beijar, vou cantar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Vou beijar, vou cantar

Vou hum hum até me cansar

Toda a noite, toda a noite

Ouh uouh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohohoo

Mas eu não sei se tu pões no face

Aquelas fotos que tu tiras

Em figuras muito giras

E partilhas as maravilhas

Porque afinal és como eu

E o limite é o mesmo céu

Fazer o quêeee

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum ate me cansar

Toda a noite, toda a noite

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum ate me cansar

Toda a noite, toda a noite

Ouh uouh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum ate me cansar

Toda a noite, toda a noite

Vou beijar, vou dançar

Vou hum hum ate me cansar

Toda a noite, toda a noite

Ouh uouh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Ohohoh

Gunther – No Pantalones

Em dias de calor não apetece nada andar vestido. Gunther, um rapaz proveniente de terras do norte também partilha dessa opinião e resolveu fazer uma música apropriada ao verão a dizer isso mesmo e com um video a condizer. Apesar de nos distrairmos facilmente da letra, notamos que há uma referência muito sagaz a um paradoxo da banda desenhada, o facto de o Pato Donald não usar calças (mas usa camisa), o que revela uma observação bastante apurada por parte do Gunther. Pensem nisto enquanto ouvem a musica.

 

Super Capas VI

Como é verão e está bastante calor, nada melhor do que um dia passado na praia. Ora foi essa a ideia que o Francisco e o Fernando tiveram e que resolveram também traduzi-la num tema que, efectivamente, nos vai fazer ir para a praia, desde que seja bem longe do sitio onde está a tocar a música. Mas como se isso não bastasse, a capa deste “êxito” também preenche os requisitos para o “hall of fame” das super capas.

87-1

E para terem um pleno, é claro que existe um video que em nada fica atrás da música ou da capa. Se há algo que este duo tem, é coerência. Vamos então até à praia.